Sugestão de Programas

PROGRAMA 1 PARA CULTO DO BEBÊ


(O culto do bebê é um culto em ação de graças pela vinda de um bebezinho ao lar. Não é culto ao bebê, mas sim "Culto do Bebê". Pode ser realizado tanto no lar como na igreja. O programa que ora apresentamos é apenas uma sugestão que poderá ser modificada de acordo com as necessidades de cada circunstância)

- Introdução (uma poesia)

Uma Verdade Antiga
(Helen Breneman)

Como já foi dito por muitos
E repetido...
Os nenéns dos céus nos vêm
Enternecer o coração endurecido.
A história é antiga
Mas não mudou
A criancinha é arauto
Um pequenino que Deus enviou
E nem é preciso
Nova interpretação
O rostinho é uma graça
Dada a cada geração

- Apresentação do bebê e seus pais
- Oração de gratidão
- Hino "Convite aos Meninos" – Nº 367 HNC
- Leitura Responsiva

Dirigente "Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu".
Todos – Herança do Senhor são os filhos; o fruto do ventre seu galardão".
Dirigente – "Oh! Senhor, da boca dos pequeninos e crianças de peito tiraste o perfeito louvor".
Todos – Ensina a criança no caminho em que deve andar e ainda quando for velho não se desviará dele".
Dirigente – Disse Jesus: "Deixai vir a mim os pequeninos, não os embaraceis porque dos tais é o Reino de Deus".
Todos – "Por este menino orava eu; o Senhor me concedeu a petição que eu lhe fizera. Pelo que também o trago como devolvido ao Senhor por todos os dias que viver; pois do Senhor o pedi".

- Cânticos (programar a participação de crianças)

- Oração da Mãe

"Senhor, tu me deste um filhinho... quantas promessas, quantas esperanças, encerradas neste corpinho rosado e pequenino. Concede-me, Senhor, que mereça esta bênção, que me esforce por ser a mãe que tu queres que eu seja. Dá-me suavidade nas mãos para acariciá-lo, doçura na voz para falar-lhe, coração grande para compreendê-lo. Tu me deste um filhinho... que grande responsabilidade a minha, agora! Tenho um corpinho para cuidar. Concede-me sabedoria para que possa conservá-lo são e forte. Tenho também uma mente para cultivar. Que eu saiba escolher a palavra sábia que o oriente. Mas, acima de tudo, Senhor, tenho uma alma para zelar. Que, com a tua ajuda, eu possa fazer dele um cristão verdadeiro, em todos os sentidos. Que eu seja a companheira de meu filho, acompanhando-o e auxiliando-o em todos os momentos. Sobre tudo, Senhor, que eu seja o exemplo que ele possa imitar. Que seja a minha vida nobre e reta como mulher que teme a Deus. Tu me deste um filhinho... Ajuda-me a fazê-lo teu! Amém".

- Oração do Pai

"Senhor, deste-me uma missão especial, pondo em meu caminho uma criança para que eu a ajude a cresce. Senhor, que privilégio o meu: assistir-lhe os primeiros instantes de vida; ensinar-lhe as primeiras palavras; segurar suas mãozinhas para os primeiros passos; estimulá-la nas suas primeiras descobertas; responder suas curiosidades; juntar suas mãozinhas para as primeiras orações; fazê-la crescer em estatura; sabedoria e graça diante de Deus e dos homens. Senhor, que grande alegria estou sentindo! Mas que responsabilidade também! Inspira-me e mostra-me como agir. Que não a faça tropeçar nos caminhos da vida, mas que eu saiba amá-la em sua espontaneidade, compreendê-la nos seus problemas e anseios, orientá-la no Caminho Verdadeiro. Amém"

- Fala a Vovó (poesia)

"Ser avó é ser mãe duas vezes",
Diz o adágio popular.
É uma grande verdade
Que se pode constatar.

Ser avó é sentir felicidade,
É conhecer um amor doce, profundo,
É viver de carinho, de ansiedade,
É resumir nos netos o seu mundo!

Ser avó é voltar a ser criança,
É fazer tudo pelo neto amado...
É povoar a vida de esperança,
É viver todinho o seu passado.

Ser mãe é dar o coração, eu creio,
Mas. ser avó... que sonho abençoado!
É viver de ilusão, num doce enleio,
É amar no neto o filho idolatrado.


- Mensagem

(Em uma folha de cartolina colar ou desenhar a figura de um bebê – cabeça, corpinho vestindo um
macacão, as mãozinhas, os pezinhos, e separadamente fazer um coraçãozinho – recortar as
diferentes partes para trabalhar em um flanelógrafo. A medida que for colocando cada parte,
deverá ser feito um breve comentário, bem como a leitura de um texto bíblico que trate do assunto)

Introdução

Jesus também foi criança, e como tal crescia, ou seja, desenvolvia-se no físico, no intelecto e no espírito, diante de Deus e dos homens (Lucas 2.52). E, hoje, nossos filhos também precisam desenvolver-se nessas três áreas (Ler Provérbios 22.6).

Cabeça

Leitura Bíblica – Isaias 23.6; 1 Coríntios 2.16 – Para que nossos filhos sejam preparados para receber os ensinamentos bíblicos, é necessário que primeiramente os pais tomem esta iniciativa em relação a si mesmos, procurando ter suas mentes firmadas em Deus, para daí poderem levar seus filhos a terem esta experiência.
Ter a mente de Cristo é ter mente pura, cheia de pensamentos bons! É isso mesmo que desejamos para os nossos filhos?

Tronco

Leitura Bíblica – 1 Coríntios 6. 19-20 – A Bíblia deixa claro que o nosso corpo é a moradia, a habitação do Espírito Santo. Há necessidade, portanto, de cuidarmos do corpo d0o bebê para que cresça e se desenvolva sadio. Desde cedo, a criança deve ser ensinada a zelar pela sua saúde, alimentando-se bem e tendo hábitos sadios de higiene. O pequenino ser necessita que cuidemos do seu frágil corpinho.

Mãos

Leitura Bíblica – Eclesiastes 9.10 – Como mães é nossa responsabilidade ensinar a criança a usar as suas mãos para fazer o bem; a estar sempre disposta a ajudar; a colocar as suas mãos à disposição do próximo.

Pés

Leitura Bíblica – Salmos 26.12 – A criança ainda não sabe andar sozinha e por isso necessita da ajuda da mamãe para levá-la a vários lugares. A Bíblia nos alerta sobre isto: "Ensina a criança no caminho em que deve andar". Quais os lugares para onde desejamos ver nossos filhos sendo levados pelos seus próprios pés? Procuremos ensiná-los a andar no caminho certo, "porque o Senhor conhece o caminho dos justos, mas o caminho dos ímpios conduz à ruína" (Salmos 1.6).

Coração (colar no peito do bebê)

Leitura Bíblica – Provérbios 4.23 – O coração representa a fonte de vida, de existência do ser humano. Também o coração é uma fonte de alegria, quando nele estão contidas as verdades de Jesus. Por isso, a mãe que ama seu filhinho e tem interesse por sua vida presente e futura, deverá ensiná-lo desde cedo a amar a Jesus.

- Entrega de uma Bíblia para o bebê e de um buquê de flores para a mamãe.
- Oração de Encerramento pela Presidente da SAF

 



 

 

PROGRAMA 2 PARA CULTO DO BEBÊ

 


  1. Hino
  2. Oração
  3. Leitura
  4. Oração de dedicação feita pelos pais
  5. Mensagem
    Marcos
    As crianças nos ensinam:
    • São felizes- O choro dura um momento. Esquecem facilmente a agressão.
    • São sinceras- São francas. Falam aquilo que pensam.
    • Confiam nos pais- Elas se jogam nos braços do Pai. Não temem o dia de amanhã.
    • São humildes- Quando repreendidas, aceitam a correção. Estão contentes com as pequenas coisas.
    • São afeiçoadas- A criança sempre responde ao amor com amor
    • Precisam ser alimentada para crescer- Física e espiritualmente.
  6. Oração de consagração feita pelo pastor ou presbítero
PARTE SOCIAL
  1. Poesia- Quando o nenê chega (pode ser usada como jogral)
    "Quando o Nenê Chega"

    1,2,3,4-Quando o nenê chega, tudo fica mudado:
    1- Ele traz o povo da casa ocupado.
    2- Dá a cada pessoa uma obrigação.
    3- Traz ansiedade, medo, preocupação.
    1,2- Mas, para contrabalançar tanto dever,
    1,2,3,4- Traz uma fonte inesgotável de prazer.
    1- Quando o nenê chega, tudo fica mudado:
    1,2- Os seus pais ficam logo cheios de cuida­do.
    4- Ficam impressionados com a febre, a dor.
    2 - E o cuidado aumenta, como aumenta o amor.
    1,2- Mas para contrabalançar tanta ansieda­de,
    1,2,3,4- O nenê traz um mundo de felicidade.
    1,2,3,4- Quando o nenê chega, tudo fica mudado:
    1- O horário da casa fica modificado.
    2- Se ele se remexe um pouco no bercinho,
    3 - Já ninguém dorme acumulando-o de carinho.
    4- Quando adoece, noite de insônia vem.
    1,2,3,4- Mas o nenê traz tudo isto e o céu também.

  2. Oferecer urna caixinha com as promessas den­tro - ler cada urna
    1. Herança do Senhor são os filhos .... Feliz o homem que enche deles a sua aljava. (Sl 127 .3,5)
    2. Teus filhos serão corno rebentos da olivei­ra à roda da tua mesa. (Sl 128.3)
    3. O Senhor reforçou as trancas das tuas por­tas e abençoou os teus filhos dentro de ti. (Sl 147.13)
    4. Serão teus filhos, os quais farás príncipes por toda a terra. (Sl 45.16)
    5. Os teus jovens serão corno orvalho emer­gindo da aurora. (Sl 110.3)
    6. Nossas filhas sejam corno pedras angula­res lavradas como colunas de palácio. (Sl 144.12)
    7. Nossos filhos sejam na sua mocidade como plantas viçosas. (Sl 144.12)

  3. Perguntas: Dividir em dois grupos: Casados e Solteiros, ou homens e mulheres.
    - Qual o nome do nenê?
    1. Filho de Ana
    2. Filho de Sara
    3. Filho de Raquel
    4. Filho de Joquebede
    5. Filho de Isabel
    6. Filho de Eunice
    7. Filho de Eva
    8. Filho de Maria
    9. Filho de Rebeca

  4. Canção: Escolher uma canção de ninar para todos cantarem

  5. Presidente da SAF: Entrega a Bíblia para o nenê e encerra.
Alguns Conselhos:
  1. Colecionar tudo que encontrar em revistas sobre o nenê, como: pensamentos, ilustrações, hinos, poesias. Orientação sobre alimentação, saúde, educação, etc.
  2. Sempre que possível, levar crianças para parti­ciparem do programa do Culto do nenê.
  3. Poderá substituir a mensagem por história bíblica em flanelas ou com gravuras, fantoches, etc. fazendo sempre aplicação para os adultos. Exemplo: história de Moisés, Samuel, etc.
  4. A mensagem devem ser breve. Levar sempre uma lembrança para o nenê: enxovalzinho - Bí­blia - cartão - outros.
  5. As poesias usadas, sempre que possível, devem ser decoradas - expressivas.
  6. Fazer um culto visando sem­pre à vida espiritual do lar e da criança. Círculo de oração com orações objetivas pela vida do nenê: saúde, crescimento es­piritual, estudos, companhi­as, relacionamento no lar, obe­diência, etc.
  7. Pedir a poetas ou poetisas para escrever uma poesia para o nenê e levá-la por escrito como lembrança.
  8. Criar exercícios sobre cri­anças da Bíblia para a parte social como: descrever o me­nino e perguntar quem é, e etc ...
  9. Preparar balões coloridos colocando dentro deles uma mensagem para os pais e deixar enfeitando o quarto do nenê.
  10. Fazer dramatizações com roupas que identifi­quem, como:
    1. Miriam e Moisés
    2. Lóide, Eunice e Timóteo, etc ...
Adaptado do original de por Cenyr Lourenço da Cunha - Sinodal Pampulha - BH
 



 

 

PROGRAMA 3 PARA CULTO DO BEBÊ

 


DESPERTANDO O INTERESSE NOS PAIS DE ENSINAR A CRIANÇA, DESDE PEQUENA, A SERVIR A DEUS.
(7 crianças vestidas a caráter ou com fantoches nas mãos)

Mãe - Hoje é um dia muito especial na Igreja. Quem sabe por que?
Menina - é o dia do Culto do Bebê.
Criança - Nosso bebê já está bem arrumadinho.
Vovô - O que vamos fazer quando lá chegarmos?
Menino - Vamos cantar, para mostrar que estamos alegres.
(Os 7 fantoches cantam e as crianças do Departamento infantil acompanham )
"Alegrei-me quando me disseram, vamos, vamos à Casa do Senhor... " -

Papai - Que boa idéia. Nossa família vai mesmo muito alegre à Igreja, à Casa do Senhor ..
Mãe - Não se esqueçam: vamos entrar no templo bem quietinhos.
Vovô - Cada um para a sua classe.

NARRADOR - Essa família feliz toma parte, com entusiasmo e dedicação, em todos os trabalhos da Igreja. Estudam a lição da Escola Dominical, são pontuais, fazem parte das sociedades internas, são dizimistas, cantam no coral e nos conjuntos. Têm pela sua igreja respeito e amor. Eles se comportam com reverência na Casa do Senhor !

* * *

A família ou os fantoches conversam:

Menino - Como foi boa a nossa Escola Dominical! Acertei tudo que a professora perguntou.
Vovó - Quanta gente! Os bancos estavam apertados.
Mamãe - Gostei muito dos cânticos das crianças.

(Crianças pequenas cantam: "Sou uma florzinha de Jesus" - "Três palavrinhas só" e outros que quiserem.)
Menina - A professora contou uma história tão linda! Ela falou como as mães levaram os seus filhos para o Senhor abençoar.
Papai - E como foi isso?
Menina - Vou contar direitinho para vocês.

História (Colocar outros personagens conforme a disponibilidade)

NARRADOR - Quando Jesus passava pelo território da Judéia, bem além do Jordão, algumas mães trouxeram os seus filhinhos para o Senhor Jesus abençoar.

(Nesse momento diversas senhoras vão trazendo seus filhinhos e apresentando-os a Jesus, em forma de prece. Daremos alguns exemplos que poderão ser adaptados conforme a Igreja.)

Mãe 1: .- Senhor Jesus, põe Tua mão sobre minha pequena ........ para que ela cresça como Tu cresceste na mente, corpo e espírito.
Mãe 2: sorrindo fala - Jesus, esta é minha pequena ............., faze dela uma menina muito feliz.

Chega correndo a Mãe 3, quase chorando de alegria, dizendo: - Senhor, eu quero que .................... seja, quando grande, um homem honesto e bondoso.

Mãe 4: mostrando seu pequenino diz: - Jesus, faze que meu filho tenha uma igreja que se interesse bastante pelas criancinhas como ele.
Mãe 5: - Senhor, minha filha precisa de mim como uma mãe equilibrada e serena. Tira de mim todas as dificuldades e prepara-me para ser uma boa mãe.

NARRADOR - E assim as mães foram se chegando e Jesus ia abraçando as criancinhas. Quando os discípulos viram aquela porção de mulheres tão perto do Mestre, ficaram preocupados e até zangados com elas. (Entram 3 ou 4 meninos vestidos como discípulos e falam com energia.)

Todos - Saiam, saiam, saiam ...
1. - O Mestre está cansado.
2. - Ele não pode se preocupar com as crianças.
Todos - Saiam. saiam, levem os seus filhos.

NARRADOR - Mas quando Jesus ouviu a voz dos discípulos mandando as mães e as crianças se afastarem, falou bem alto:

- Não, não, deixem as criancinhas virem para junto de mim. Não as mandem embora nunca! Pois o Reino de Deus pertence aos homens que têm o coração tão confiante como o destas criancinhas. E todo aquele ·que não tiver o tipo de fé que elas têm, nunca entrará pelos portões do Reino. "DEIXAI VIR A MIM OS PEQUENINOS. NÃO OS IMPEÇAIS."

E Jesus tomou todas aquelas crianças em seus braços, colocou as mãos em suas cabeças e as abençoou.

Menina - Sabe, papai, foi assim que a professora contou. Ela disse também que ainda hoje Jesus quer que cada mamãe e cada papai traga a Ele o seu filhinho. Muito antes de aprenderem a falar, Jesus os aceita com amor. A presença de cada cordeirinho no santuário é um louvor constante ao Senhor!

As diretoras dos Departamentos Infantil e Berçário da Escola Dominical entregam pequenas lembranças a cada bebê e a presidente da SAF faz a entrega das Bíblias enquanto as crianças cantam alguns hinos apropriados. O pastor faz uma oração de dedicação dos bebês.

Programa de autoria da Sra. Maria Clemência Damião da Igreja da Bahia

Voltar para o índice

topo