Sugestão de Programas

PROGRAMA PARA O CULTO DE AÇÃO DE GRAÇAS

Prelúdio

ADORAÇÃO

“Vinde, cantemos ao Senhor com júbilo, celebremos o Rochedo da nossa salvação. Saiamos ao seu encontro com ações de graças, vitoriemo-lo com salmos” (Sl 95. 1,2).

1 - Hino “Louvor” – Nº 14 HNC

2 - Poesia
 

Parabéns, SAF!
(Aderita Alves da Silva)

Neste dia tão feliz
Vimos te parabenizar,
Desejando que o Senhor
Estenda sobre ti o olhar.

Sociedade Auxiliadora Feminina,
Vimos nos congratular
Pelo trabalho profícuo,
Que estás sempre a executar!

Sociedade Auxiliadora Feminina,
Deus te faça prosperar.
Que neste ano que se inicia,
Novas sócias possas ganhar!

SAF querida, parabéns!
Que possas sempre crescer,
Que tuas sócias se consagrem
Para as bênçãos receber!

3 - Oração de Louvor

AÇÃO DE GRAÇAS

“São muitas, Senhor , Deus meu, as maravilhas que tens operado e também os teus desígnios para conosco; ninguém há que possa igualar contigo. Eu quisera anunciá-los e deles falar, mas são mais do que se pode contar” (Sl 40.5).

1 - Litania
Dirigente – Graças te damos, ó Deus, pela existência da Sociedade Auxiliadora Feminina.
Congregação – Graças te damos, Pai Celeste, pelas irmãs que, a cada ano, tens escolhido para dirigirem esta Sociedade.
Dirigente- Louvamos-te pela tua direção em todos os momentos, pelas vitórias alcançadas e pelas lições aprendidas.
Congregação – Louvamos-te pelas valorosas e fiéis servas que pertenceram à SAF e hoje estão na glória.
Dirigente – Louvamos-te pela tua fidelidade para com aquelas que têm confiado em ti em todas as situações da vida, e têm sido vitoriosas por Cristo Jesus.
Congregação – Graças, ó Deus, pelo crescimento espiritual que tens concedido às tuas filhas, através do Trabalho Feminino.
Dirigente – Graças, Deus Trino, pelas vidas consagradas daquelas a quem confiaste o teu trabalho neste ano de ..........(o ano em curso)
Congregação – Grandes coisas fez o Senhor por nós, por isso estamos alegres e bendizemos o teu Santo e maravilhoso nome.

2 - Oração de Gratidão (pela Presidente da SAF)

3 - Música Especial (dueto ou quarteto)

CONFISSÃO

Dirigente – Disse Jesus: “Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor, assim como eu também tenho guardado os mandamentos de meu Pai, e no seu amor permaneço” (Jo 15. 10).
Todos – Confessamos-te, ó Pai, que algumas vezes temos deixado de cumprir os teus mandamentos.
Dirigente – “O meu mandamento é este que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei” (Jo 15. 12).
Todos – Ajuda-nos, ó Pai, a amar.

1 - Momentos de Oração Silenciosa

2 - Oração Audível

PROCLAMAÇÃO DA PALAVRA

1 - Introdução à Mensagem

DRAMATIZAÇÃO
De autoria da irmã Maria Delfina Mendes de Sousa, da SAF de Imperatriz, MA. Sugerimos a apresentação desta breve peça teatral na comemoração do aniversário de sua SAF, utilizada como uma introdução à mensagem, e tendo por objetivo levar cada sócia a refletir sobre seu compromisso com o trabalho do Senhor.

O MELHOR JUIZ
Personagens: 1 juiz (voz de homem oculta)
2 irmãs – Marta e Lídia
grupo de três ou quatro mulheres
1 narradora

(irmãs conversando) – MARTA – Estava aqui pensando, eu queria tanto ser mais ativa em minha SAF, mas a SAF está quase morta, ninguém quer fazer parte de nada, cada uma mais desanimada que a outra, ninguém faz visitas! E nada é feito para chamar a atenção de outras pessoas! Faz um tempão que não chega uma nova sócia e nem tem novidade alguma!

LÍDIA – É verdade, eu já observei isso. Eu não faço nada porque nada sei fazer, cada uma cuida de si e pronto!

MARTA – Eu até que queria fazer alguma coisa, mas não posso. São muitas as minhas obrigações: em casa, meus filhos me tomam todo o tempo livre, e eles merecem, afinal trabalho de segunda a sexta-feira, portanto preciso descansar nos fins de semana e este é o tempo que tenho para ficar curtindo os meus filhos.

LÍDIA – Lá em casa é o marido, você sabe, ele não é crente, chega o final de semana ele arruma pescaria, banho de piscina e passeios na chácara, e eu sou obrigada a ir com ele, senão fica zangado, e, como diz a Bíblia, a mulher tem que ser submissa ao marido.

MARTA – Isso é sério! E se a gente não estiver por perto, ele arranja outra! (risos) Ah! A Presidente me escalou para dirigir a reunião de oração na terça-feira à noite, mas o meu marido me chamou para comermos uma pizza, é claro que tenho que ir com ele, afinal é o meu marido, com tantas outras pessoas, ele pode chamar uma outra...

LÍDIA – Você vai à reunião departamental na casa da Neuza? Ouvi falar que é o aniversário dela e vai ter um bolo daqueles! Ela é ótima no preparo de guloseimas!

MARTA – Não, não vou! Até poderia ir pelo bolo... mas detesto aquela relatora, tem mania de cobrar relatório e aquelas tarefas que dá são chatas demais, e outras coisas mais que não gosto.

LÍDIA – Vamos! É o aniversário da Neuza! Eu queria ir, mas só vou se você for, pensa e depois me liga. A gente pode levar as crianças e chegar depois dos relatórios , dizendo que se atrasou por causa dos filhos...

(Aparece um grupo de mulheres e ficam conversando, em segundo plano)

MARTA – A Presidente deveria fazer mais evangelismo, chamar novas pessoas para animar a SAF. Veja aquelas senhoras ali (aponta para o grupo), estão conversando futilidades, bem que podiam estar trabalhando na SAF, alguém podia ir até lá e evangelizá-las!

LÍDIA – É mesmo! Tem tanta gente precisando ser evangelizada, outras precisando de ajuda... a esposa do pastor também devia cuidar dessas coisas, promover eventos, arranjar alguma coisa nova para incentivar, orar por essas pessoas...

MARTA – Só sei que essa nossa SAF não está com nada, cada dia piora, ninguém quer fazer nada, época de eleição todas fogem de pegar cargo; eu não posso pegar nenhum, quero ver no que vai dar...

(ouve-se uma voz)

JUIZ - Sra Marta, Sra Marta! (esta fica assustada) Ouvi suas desculpas, elas não me convenceram. Se quer ser uma sócia ativa, ouça a voz de Deus e aja, faça o seu trabalho sem culpar ninguém, não transfira a outrem as suas responsabilidades. Lembre-se que todos os seus atos estão escritos no Livro da Vida. Seja você mesma a começar um trabalho. Quanto ao seu lar, ele tem que ser bênção, ou Deus pode tirá-lo de você. Seus filhos são bênçãos! Eles são herança do Senhor! Se você não educá-los para o céu, serão entregues ao mundo para sua própria vergonha! Leia a Bíblia e examine sua vida. O seu marido não deixará de amá-la, se você buscar o reino de Deus em primeiro lugar. Por que vive a criticar os outros? Cada um dará contas de si mesmo. Quando diz que sua SAF está quase morta é porque você e muitas outras não cumprem a parte que toca a cada uma. Cuidado! Se vai ficar assistindo a ruína de sua SAF, de sua Igreja, sem fazer nada, só criticando, pode também esperar a ruína de sua casa! Aja agora, este é o seu tempo!

Sra Lídia! Sra Lídia! (esta se assusta) Por que diz que não sabe fazer nada? Acaso não descobriu ainda os dons que Deus lhe deu? Onde estão as suas pernas? Você pode ir aos hospitais, asilos, orfanatos, visitar, evangelizar. Convidar outras irmãs para acompanhá-la! Onde estão as suas mãos? Pode estendê-las e contribuir, pode oferecer um pedaço de pão ao faminto, pode dar um de seus muitos agasalhos a um coitado com frio! Onde estão os seus joelhos? Pode dobrá-los em oração! E a sua boca, o que você fala? Pode dizer ao seu vizinho, ao amigo, ao marido não crente, que em Deus há refrigério, há alegria, há salvação! Lembre-se, o reino de Deus é feito de boa vontade e ele tem que estar antes de tudo e de todos. Não sejam as guloseimas, os enfeites do salão de um evento, a motivação de sua fé, mas seja a cruz de Cristo, o amor de Deus, a sua motivação para o trabalho na SAF, na Igreja, no seu lar.

Aprendam com Ana, e levem seus filhos à casa do Senhor.
Aprendam com Maria, e quedem-se aos pés do Mestre.
Aprendam com Lóide e Eunice, e ensinem as sagradas letras.
Aprendam com a mulher virtuosa, e edifiquem as suas casas.
Aprendam com a mulher cananéia, e sejam humildes diante do Senhor.
Aprendam com Dorcas, e pratiquem as boas obras.
Aprendam com Abigail, e sejam prudentes.
Aprendam com a sunamita, e sejam hospitaleiras.

(Marta e Lídia saem envergonhadas)

Narradora – Marta e Lídia ao serem admoestadas pelo Espírito de Deus, mudaram seu viver. Resolveram, firmemente, pagar o preço da renúncia e servir ao Senhor em primeiro lugar. O culto doméstico, agora, é prioridade em seus lares, esposo e filhos são amados e têm prazer em acompanhá-la à Igreja. Seus dons e talentos foram devotados ao Senhor. A SAF ganhou duas sócias ativas, de fato, e não há trabalho difícil para elas.

2 - Leitura Bíblica e Mensagem

(Será um comentário e um complemento à dramatização anterior - Convidar uma pessoa especial para ser a preletora)

DESPEDIDA

1 - Hino do Quadriênio do Trabalho feminino

2 - Moto (cantado por todas, de mãos dadas)

3 - Oração Final (pelo Conselheiro da SAF)

Voltar para o índice

topo