Secretaria de Espiritualidade da CNSAF’s

 

 

 

Conheça mais sobre o

 

 

Projeto ANA

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

o      O que é o Projeto ANA (Auxiliadora, zelando pelos filhos, Não se descuida deles, mas Age, orando por eles e com eles)?

 

Ø     É um empreendimento da Secretaria de Espiritualidade da CNSAF’s que visa unir todas as auxiliadoras brasileiras em oração, diariamente, em favor dos filhos (sanguíneos ou adotivos, sobrinhos ou netos).

 

o      O porquê deste Projeto

 

Ø     Primeiramente, porque Deus, em sua soberania, nos ordena orar, e nós aceitamo-la como um dever. Conforme Sproul, “viver uma vida de oração é viver uma vida de obediência a Deus”. Sabemos que Deus, não só ordena os fins, mas também os meios para se alcançar os fins e mais, que Ele usa as orações dos santos para realizar sua soberana vontade, portanto, a oração é para nós um dever. Obedecendo à ordem escriturística “orai sem cessar” I Ts. 5.17, os eleitos devem cumprir esse dever sem restrições “Em tudo, porém, sejam conhecidas diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças” (Fp. 4,6).

Quanto ao tempo ou à maneira como nossas orações serão respondidas, compete inteiramente a Deus. Quanto a nós, resta-nos “orar sempre e nunca esmorecer” Lc. 18.1.

Ainda mais, conscientes de que a principal responsabilidade dos pais crentes é ensinar aos filhos a se relacionarem com Deus, para que vivam a vida cristã com compromisso, entendemos que isso implica, em primeiro lugar, orar, apresentando-os a Deus. Como mães da aliança, entre as virtudes a serem cultivadas por nós, estão a de mostrar aos filhos nossa fidelidade em oração.

Enfim, porque sabemos que somos exortados “a que se use a prática de súplicas, orações, intercessões, ações de graças, em favor de todos os homens”, incluem-se aqui, nossos filhos, pelos vivos e pelos que ainda hão de nascer. “Não rogo somente por estes, mas também por aqueles que vierem a crer em mim, por intermédio de sua palavra” Jo. 17.20.

 

o      Qual o objetivo deste Projeto?

 

Ø     O objetivo mais amplo do Projeto ANA é conscientizar e despertar a auxiliadora mãe (sanguínea ou adotiva) a uma vida de intensa oração, intercedendo pelos filhos. “Levanta-te, clama de noite no princípio das vigílias; derrama, como água, o coração perante o Senhor; levanta a Ele as mãos, pela vida de teus filhinhos...” Lm. 2.19.

Especificamente, temos como objetivos:

Perseverar em oração, diariamente, em favor dos filhos (sobrinhos ou netos) convertidos para que glorifiquem a Deus com suas vidas. “Todos os teus filhos serão ensinados do Senhor; e será grande a paz de teus filhos” Is. 54.13;

Pedir a conversão dos filhos não crentes ou a restauração dos que estão distantes do Senhor para que integrem a família da Aliança. “Salva o teu povo e abençoa a tua herança; apascenta-os, e exalta-o para sempre.” Sl. 28.9. “Se alguém vir a seu irmão cometer pecado não para a morte pedirá e Deus lhe dará vida, aos que não pecaram para a morte” I Jo. 5.16.

Suplicar para que os jovens sejam despertados para cumprir o “ide” do Mestre como evangelizadores ou missionários. “Finalmente irmãos, orai por nós, para que a palavra do Senhor se propague e seja glorificada, como também está acontecendo entre vós.” II Ts. 3.1.

 

o      Como pôr em prática esse Projeto?

 

Ø     Comecemos com uma intensa divulgação e incentivo em todos os âmbitos do Trabalho Feminino;

Pratiquemos a oração. Sem dúvida, ela é um dos momentos mais profundos que um crente pode experimentar. Apresentemos-nos diante de Deus com humildade, profundamente conscientes de quem Deus é e de quem somos nós. “Nada tendes, porque não pedis, pedis e não recebeis porque pedis mal” Tg. 4.2,3;

Obviamente, como diz Sproul “Nós não mudamos a mente de Deus. Mas a oração muda as coisas. Ele nos muda. E há ocasiões em que Deus espera que peçamos, porque o seu plano é que trabalhemos com ele no glorioso processo de fazer com que a sua vontade se cumpra aqui na Terra”;

Oremos a sós;

Oremos com outras irmãs (grupos de oração);

Promovamos reuniões de oração e/ou mini-retiros de oração;

Convidemos nossas amigas para virem às nossas reuniões e oremos por elas e por seus filhos.

Há muitas maneiras e oportunidades para a efetivação do Projeto ANA desde que contagiemos e engajemos todas as auxiliadoras nessa grande cruzada nacional, sempre lembrando que “herança do Senhor são os filhos, o fruto do ventre, seu galardão” Sl. 127.3;

Cuidemos com grande amor da herança que o Senhor nos galardoou, orando com eles e por eles.

“Não há nada que nos faça amar tanto uma pessoa quanto orar por ela” (W. Law).

 

 

Ø     Em cada SAF, a Secretária de Espiritualidade deve providenciar a distribuição do Folder para cada sócia participante deste projeto.

 

Folder Projeto ANA